Outeiro Secano em Lisboa

Agosto 14 2014

Alguém quisesse repetir no passeio pedonal do Tâmega, o monólogo do Vasco Santana com o candeeiro do filme o Pátio das Cantigas, não o poderia fazer, porque muitos dos candeeiros ali instalados não só não têm lume, como não têm luz nem lâmpadas nem globos.

Sendo este um dos locais muito frequentado, em especial por quem procura cuidar do físico, nomeadamente as senhoras, mas por estar muito próximo de uma das principais salas de vista da cidade, as Caldas, dá-lhe um ar de abandono e desmazelo, não só pelos candeeiros, mas também os bebedouros, pois em todo o circuito pedonal, apenas um único bebedouro está funcional.

Bem sei que tudo isto é fruto de vandalismo, mas há que implementar medidas dissuasoras nomeadamente uma maior vigilância, assim como uma maior penalização para os infractores.

Já não bastava o facto das Caldas não abrirem este ano, mais este abandono e desmazelo, quem perde é o turismo e a imagem da cidade.

publicado por Nuno Santos às 11:37

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
16

18
21

30



links
pesquisar
 
Visitantes
blogs SAPO