Outeiro Secano em Lisboa

Janeiro 17 2017

Chaves no jamor.jpg

Ainda não se apagaram os clamores do último Chaves-Sporting, disputado no Municipal do passado sábado, e eis que por sortilégio do sorteio, hoje volta haver um novo jogo no Municipal, desta vez para a Taça de Portugal.

O resultado do jogo de sábado, um empate de 2-2, teve um efeito nefasto nas hostes sportinguistas, a meu ver nem tanto pelo resultado obtido face ao desempenho das duas equipas, o qual se me afigura justo, mas sobretudo porque o Sporting, não aproveitou a perda de pontos do Benfica em casa com o Boavista.

Ora, segundo se escreveu nos jornais, no balneário do Sporting terá havido grande alarido, protagonizado pelo seu presidente Bruno de Carvalho.

O facto de o Sporting estar em período pré eleitoral, não será estranho a todo este ambiente escaldante, mas face à forma de gestão imprimida pelo nosso presidente, parece-me que não poderá imputar as culpas dos fracos resultados para terceiros nomeadamente para os jogadores, já que a culpa será de quem os adquiriu e de quem os pões a jogar.

Quem não tem culpa é o Desportivo de Chaves que fez o que tem a fazer tal como já tinha acontecido quando recebeu o Benfica. A diferença é que no jogo do Benfica a bola bateu no poste ou antes nos dois postes e contra o Sporting entrou dentro da baliza porque é lá que elas contam.

Tal como disse num post anterior, eu como adepto dos dois clubes, no jogo da liga torcia pelo Sporting para poder ainda lutar pelo título, mas no jogo de hoje para a Taça, eu torço pelo Chaves porque quero os Valentes Transmontanos no Jamor.

publicado por Nuno Santos às 18:12

e vamos estar lá eu creio
vasco sobreira garcia a 18 de Janeiro de 2017 às 13:56

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
14

16
19
20
21

22
23
24
25
27
28

30
31


links
pesquisar
 
Visitantes
blogs SAPO