Outeiro Secano em Lisboa

Maio 05 2015

O Madurodam é um parque temático situado em Scheveningen, Haia na Holanda, onde em forma de cidade e numa escala de 1:25, se pode ver o que de mais importante existe neste país, do ponto de vista arquitectónico e industrial.

Existe alguma similitude entre o Madurodam e o Portugal dos Pequenitos em Coimbra, porque ambos têm uma função social e profilática, no apoio a crianças desfavorecidas.

O Portugal do Pequenitos foi mandado construir pelo benemérito Bissaya Barreto e o Madurodam, por Carlos Maduro, um grande empresário holandês, oriundo de uma família judia portuguesa, das muitas que no século XVI foram expulsas do nosso país, pela inquisição.

Este parque foi construído em memória homenagem do seu único filho, George Maduro que, apenas com 25 anos de idade morreu em combate, contra a ocupação nazi.

A esse propósito, comemorou-se ontem dia 4 de maio, o dia da memória ou da libertação, porque a Holanda foi libertada da ocupação nazi em 4 de maio de 1945. Por isso na Praça Dam, houve uma cerimónia de homenagem aos mortos durante a ocupação, onde esteve presente a família real. Às oito horas em ponto, guardou-se um minuto de silêncio em todo o país e como em Roma sê romano, também nós guardamos esse minuto de silêncio.

Da primeira vez que visitamos o Madurodam, já la vão quase vinte anos, viemos num dos circuitos da agência Abreu, denominado o circuito do Benelux. Na altura lamentamos não ter o nosso filho connosco, porque no verão ele preferia fazer o circuito dos festivais com os colegas, do que viajar com os pais.

Passados quase vinte anos regressamos ao Madurodam, mas desta vez na sua companhia, porquanto é um residente na Holanda.

 

 

publicado por Nuno Santos às 08:37

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Maio 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
16

17
19
21
22

25
26
27
28
29
30

31


links
pesquisar
 
Visitantes
blogs SAPO