Outeiro Secano em Lisboa

Dezembro 08 2016

Bruno de Carvalho.jpg

Jorge jesus.jpg

 

Apesar do feriado e dia santo de guarda, hoje estou com uma tremenda azia, causada pela derrota de ontem do meu Sporting. Claro que em desporto, vencer, empatar, ou perder, são resultados possíveis, mas a derrota no jogo de ontem além de indesejada era totalmente improvável, face às expetativas dos sportinguistas.

E se José Alvalade o seu fundador disse que, queria um clube tão grande como os maiores clubes da Europa, a derrota de ontem foi a negação desse princípio, pois fomos afastados das competições europeias, estando agora limitados às competições internas e nessas como temos assistido, com grande intermitência.

Nem interessa estar aqui a evocar que, o árbitro não viu dois penaltis numa mesma jogada, porque a derrota ficou a dever-se à falta de qualidade do Sporting, mas sobretudo, aos equívocos do nosso treinador, que é useiro e vezeiro nesses equívocos em jogos das competições europeias.

Esses equívocos começaram na conferência da apresentação do jogo, quando Jorge Jesus disse que, os seus jogadores só estavam empenhados neste jogo em 90%, ora isso é um absurdo. O Sporting tem de se empenhar a 100% em todos os jogos que disputa, poderá não ganhar, mas isso dependerá de outros fatores como da sorte ou do azar, mas sobretudo da sua qualidade, e ontem essa qualidade ficou muito aquém do que devia, porquanto o adversário era-lhe notoriamente inferior.

Os meus amigos sabem que, eu não fui apoiante do atual presidente Bruno de Carvalho, nem me identifico com a sua gestão, sobretudo, com as guerras que trava com os adversários, pois só desgastam a imagem do clube, cuja matriz e princípios vindos da sua fundação, nos diferencia dos outros clubes.

Eu também não defendi a contratação milionária do atual treinador, do qual tenho muitas reservas no processo de contratação de novos jogadores. Basta ver que os nossos melhores jogadores, são produto da formação do Sporting, já nas aquisições do seu tempo, não se vislumbra grande qualidade, sobretudo na sua relação investimento, versus rendimento.

No próximo domingo o Sporting tem mais um jogo decisivo, agora com o seu principal rival o Benfica para o campeonato. Espero eu e todos os sportinguistas que se redima do desaire de ontem, e no domingo eu possa dormir a horas normais, não se repetindo a noite de ontem, em que eram duas da manhã e o sono ainda não tinha aparecido.

publicado por Nuno Santos às 10:27

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Dezembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
17

19
20
21
22
24

25
27
28
29
30
31


links
pesquisar
 
Visitantes
blogs SAPO