Outeiro Secano em Lisboa

Janeiro 08 2013

 

Não bastavam os constrangimentos causados pelo orçamento geral do estado, o qual, se for aprovado pelo tribunal constitucional, trará um aumento colossal da carga fiscal, e mais insegurança nos empregos, já de si precários e de duração indefinida.

 A acrescer a tudo isso, para um grupo considerável de portugueses, estima-se em cerca de três milhões, nos quais eu me incluo, têm ainda de conviver com outro, a chacota dos seus rivais desportivos, por causa dos desaires do seu Sporting, o qual não há meio de encontrar o seu lema: Esforço Dedicação Devoção e Glória.

Este clube, desde que o futebol virou uma indústria, tornou-se num paradoxo. Os seus dirigentes, tanto os do passado mais recente, como o actual, todos pertencentes à elite da alta finança portuguesa, senão vejamos; José Roquete, ex-banqueiro que, virou empresário de sucesso na actividade agro-alimentar, como é o caso do Esporão. Dias da Cunha, administrador do grupo Entreposto e accionista do BCP. Filipe Soares Franco, administrador de grandes construtoras como a Novopca. José Bettencourt alto dirigente do Grupo Santander. O actual presidente Godinho Lopes, foi o sócio fundador da Soconstroi, da qual resultou a Somague. Isto sem falar noutros elementos que fazem parte dos órgãos sociais como o actual presidente do Conselho Fiscal José Maria Ricciardi presidente do BES Investimentos. Nenhum deles conseguiu gerir com êxito a equipa de futebol, quando nos outros clubes, outros sem a mesma formação, têm-no feito bem melhor.

O mais paradoxal é que, o Sporting, continua a ser um alfobre de atletas, de eleição, ao ponto da maioria dos actuais jogadores da nossa selecção, ou são ou tiveram uma ligação ao Sporting, tendo alguns deles saído do clube, sem o ressarcimento conveniente, dessa formação.

Esperamos agora que, com um novo treinador, o quarto numa só época, tornando-se esta situação insólita e creio que inédita, pelo menos no nosso clube, se dê o início à “remontada” como dizem “nuestros hermanos” e que seja ainda possível a atingir um lugar na Europa, na próxima época. Por mim, lá estarei no sector A27 fila 23 lugar 2, para apoiar a equipa, SEMPRE, sem assobios, pois eu nem sei assobiar.

Nuno Santos

 

 

  

 

publicado por Nuno Santos às 18:16

Coragem e fé, caro amigo...melhores dias virão. Depois de acertar com as agulhas há que aguentar, estabilizar e consolidar..4 treinadores numa época é impossível melhores resultados. Pelo menos uns lugares mais acima...
Por Outeiro Seco tudo rijo...as temperaturas vão subir, se não quem aguenta tanto frio...
Abraço do pessoal amigo.
Altino
Altino Rio a 8 de Janeiro de 2013 às 18:59

Hey amigo Nuno!!! Tudo bem? Só agora é que fiquei sabendo que também tens blog. Não prometo visita diária , pois o meu schedule anda um bocado doido mas sempre que possa virei aqui.

O teu Sporting realmente anda der rastos ....deixa lá melhores tempos viram.

Boa sorte!

cmps
Lurdes
Lurdes a 9 de Janeiro de 2013 às 19:07

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
19

21
24
26

29


links
pesquisar
 
Visitantes
blogs SAPO