Outeiro Secano em Lisboa

Março 22 2013

 

Há muitos anos que eu acalentava um sonho, o de assistir a uma fase final de um mundial de futebol. Pensava eu que a realização desse sonho estava próximo, e quando em 2011 recebemos uns primos brasileiros, o Claudionor a Rosângela e o seu filho Augusto, ficou desde logo combinado que, o retorno da visita seria em 2014, por altura da Copa, como eles chamam ao campeonato mundial.

O Claudionor é filho de portugueses e outeiro secanos. O seu pai é o Alberto Chaves, irmão do meu sogro e a sua mãe, Maria Jorge é irmã da senhora Arlete e do Miguel Jorge. Não é a primeira vez que eles visitam a Europa e o nosso país, e também já foram nossos cicerones no Rio de Janeiro, numa viagem que ali fizemos, há cerca de doze anos. Falamos com alguma regularidade pelo Skipe, e reiteramos sempre a intenção do nosso reencontro em 2014.

Só que após o resultado de hoje em Israel, com um empate a três golos, a nossa selecção hipotecou a probalidade de se apurar para esse mundial, com grande tristeza para mim e para milhões de luso-brasileiros, desvanecendo-se assim o sonho, há muito acalentado. Esta realização do campeonato do mundo no Brasil tinha para os portugueses, razões acrescidas.

Primeiro porque se realizava num país, onde não existe a dificuldade do idioma. Segundo porque permitia rever e até conhecer, familiares ali radicados, sendo essa a nossa expectativa, minha e da Celeste.

O estado da nossa selecção está em linha com o país, sem ânimo e desmotivada, Paulo Bento diz que é uma questão de mentalidade,  embora não  se compreendam essas razões, pois a maioria deles vive e trabalha fora do país, onde são principescamente pagos, ao contrário da maioria dos seus apoiantes, que vivem com uma grande incerteza no dia de amanhã. O não apuramento da nossa selecção é uma enorme frustração não só para os portugueses, mas também, para os brasileiros, que, contavam com uma forte adesão da comunidade portuguesa no Brasil, que sem a sua selecção se alheará mais do evento.

Amanhã há eleições no meu clube, e em matéria eleitoral, quase sempre voto ao lado das minorias, porém amanhã, espero que lista que apoio, a lista C, saia vencedora, caso contrário o meu Sporting, corre o risco de entrar em insolvência, tal como está o nosso país.
publicado por Nuno Santos às 21:05

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
16

17
19
23

26
29
30

31


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO