Outeiro Secano em Lisboa

Janeiro 10 2013

O Sporting continua a servir de gozação em todas as redes sociais, e a foto que hoje recebi no meu e-mail, é disso ilustrativo. O que nem todos saberão é qual a ligação das Linhas de Torres e o Sporting, embora diga-se em abono da verdade, agora é quase nenhuma, porque após a construção do novo estádio, este foi deslocado da Alameda Linhas de Torres, onde se situava o antigo estádio José de Alvalade, para a Av. Padre Cruz e com isso, tornou-se de facto mais próximo de um cemitério, mas do cemitério do Lumiar.

A propósito do cemitério do Lumiar, é lá que repousa o corpo de um nosso conterrâneo, o Sr. Joaquim Moleiro, irmão do Sr. Lépido e por consequência, tio dos meus queridos amigos Ferradores, e que durante anos, fez moer as mós do moinho do açude.

Para quem não conhece a região de Torres Vedras, as Linhas de Torres, são um conjunto de fortificações mandadas construir por Sir Arthur Wellesley que ficou conhecido por duque de Wellington, para travar o avanço das tropas do general Massena, quando da terceira invasão Francesa.

Estas fortificações iam da zona ribeirinha do Tejo, perto de Alverca, até Sintra. Com esta barreira de segurança, não restava aos franceses outra hipótese de chegar a Lisboa, senão por mar, coisa que não estava nos seus planos de ataque.

Há poucos dias esteve em exibição um filme, designado precisamente “As Linhas de Wellington” que demonstra precisamente essa epopeia. Depois da vitória no Buçaco, e porque o exército francês era numericamente muito superior, o duque de Wellington, aplicando uma táctica designada de terra queimada, fez recuar todas as populações a sul do Buçaco, para trás da Linhas de Torres. Entre essas populações estavam as de; Coimbra, Pombal e Leiria. Com isso evitou que, o exército francês se abastecesse de provisões, porque as populações levavam tudo o que tinham. 

Quem não viu o filme e tiver oportunidade de o ver não perca, em especial o público masculino, quanto mais não seja, para ver o desempenho da nossa Soraia Chaves.

Contrariamente ao título, foi graças às Linhas de Torres que se evitou a enchente dos cemitérios, porque os franceses vendo que não conseguiam transpor as Linhas de Torres, bateram em retirada.

Quanto ao Estádio de Alvalade, e com a chegada do Jesualdo Ferreira, um transmontano de Mirandela mas estudante do Liceu em Chaves, à semelhança de outros transmontanos que conquistaram Lisboa aos mouros este também há-de conquistar muitas glórias para o meu clube.

 
publicado por Nuno Santos às 18:44

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
19

21
24
26

29


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO