Outeiro Secano em Lisboa

Fevereiro 21 2013
Foto retirada da net

Por razões de ordem profissional desloquei-me hoje ao Palácio de Justiça, na rua Marquês da Fronteira, onde estava arrolado como testemunha numa contenda, entre um senhorio e um inquilino, cliente do nosso escritório.
A primeira vez que fui notificado para este julgamento, foi já no ano de 2011, e depois de cinco notificações sempre desconvocadas, o julgamento acabou por se realizar apenas hoje, uma vulgaridade da nossa justiça.
Como o julgamento estava marcado para as 14,30 horas, cheguei ao tribunal na companhia de uma outra testemunha às 14,10 horas, e para quem conhece este tribunal, ver aquele corredor sem vivalma, dá para perceber quanto desperdício de dinheiros públicos, não estão na abertura do Campus da Justiça, na Expo.
O Palácio da Justiça tem nove pisos, existindo no mínimo três salas de audiência em cada piso, mas no 5.º piso onde se situa a 8ª vara, apenas uma das salas de audiências, estava a ser utilizada. A tudo isto há a acrescer outros gastos, como a limpeza e as luzes de um corredor deserto.
Ultimamente tem-se ouvido o anúncio da intenção de fechar tribunais na província, assim como a perda de valências de outros. Esta medida obriga alguns utentes a fazerem quase uma centena de quilómetros, só para lá se deslocarem ao tribunal da sua comarca, mas em Lisboa, assistimos à abertura do Campus da Justiça, do qual segundo se diz que o ministério da justiça, paga uma fortuna de rendas, quando o Palácio da Justiça está a meio gás.
Ontem ouvimos também o ministro da saúde a dizer que, se construíram hospitais a mais. Mas depois da abertura do novo Hospital de Cascais, de Vila Franca de Xira e de Loures, por acaso o hospital da minha zona, diz-se que o projecto de construção do Hospital de Todos os Santos também em Lisboa, é para avançar.
São estas situações que fazem com que tenhamos dificuldade, em entender algumas das medidas do governo, nomeadamente as tais gorduras que pelos vistos, são só para alguns mas poucos, porque a maioria de nós, há muito que entrou já em dieta.

publicado por Nuno Santos às 22:57

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
16

22
23

26


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO