Outeiro Secano em Lisboa

Julho 19 2013

Por razões de ordem pessoal ontem tive de ir a Pedrógão Pequeno, uma localidade junto à barragem do Cabril, pertencente ao concelho da Sertã, na chamada zona de pinhal. Ora quem vai de Lisboa aos Pedrógãos, quer ao Grande quer ao Pequeno, tem agora três alternativas de autoestrada, estando a mais afastada a pouco mais de cinquenta quilómetros.

E porque saímos de Odivelas na ida seguimos pela A8, depois de passarmos o cruzamento para Leiria continuamos pela A17, saindo na Guia para o IC 8 que nos leva até Castelo Branco, embora tivéssemos ficado a meio desse percurso. Também poderíamos ir pela A1 saindo em Pombal para o IC 8, havendo uma economia em distância de cerca de 11 Km, embora apanhássemos um pouco de mais trânsito, na A1.

Porém no regresso a Lisboa fizemos a viagem pela A13, a chamada autoestrada do Pinhal, onde creio que eramos os únicos viajantes, pois não me recordo de termos ultrapassado nenhum automóvel, até entrarmos na A23 na zona do Entroncamento.   São três autoestradas que em linha recta com o mar, não distam 100 quilómetros.

Não quero dizer que as populações dessas regiões não mereçam essas vias, o facto é de que não as utilizam, de tal forma que na ida, como fizemos uma pequena parte do percurso pela IC 8, gastamos o dobro do tempo que gastamos no regresso, por causa do trânsito de camiões que apanhamos no IC 8 para fugirem às portagens.

Ora algo esteve mal no plano rodoviário nacional quando da avaliação das necessidades. Agora estamos todos a pagar esse erro, porque não se aplica o princípio do utilizador pagador, já que o trânsito foge das autoestradas mas os seus concessionários estão seguros, pelos contratos leoninos das tais PPP Parcerias Público Privadas, em que os Privados nunca ficam a perder, o Estado é que suporta o prejuízo.

E agora quem responde por isto? Não me venham dizer que podemos penalizá-los politicamente através do voto, porque quem aprovou essas concessões, já não são agora dirigentes partidários, mas sim altos quadros dessas empresas concessionárias.
publicado por Nuno Santos às 20:30

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Julho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10

15
17
18
20

21
22
24
25
26
27

29
30
31


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO