Outeiro Secano em Lisboa

Dezembro 05 2013

Há episódios nas nossas vidas que jamais esqueceremos, pese embora a marcha inexorável do tempo. O dia 11 de Fevereiro de 1990 foi um sábado solarengo, porque a primavera começava já a dar alguns sinais. Nesse tempo ter uma máquina de café em casa, era um luxo acessível a poucas famílias e por isso após o almoço, ia-se ao café mais próximo, aproveitando para se tomar o café e socializar com os vizinhos.

O meu filho tinha nessa altura dez anos, e eu tínha adquirido recentemente um vídeo VHS. Ora, quando chegamos a casa, ele disse-me todo eufórico.

- Pai gravei-te a libertação do Nelson Mandela que, está a dar em directo na televisão.

Quando lhe perguntei porque o tinha feito, respondeu-me com toda a convicção.

- Oh pai! Isto é um acontecimento histórico para a humanidade.

Com efeito a libertação de Nelson Mandela, foi um acontecimento histórico não só para os sul africanos, pondo fim ao regime de apartheid, como para toda humanidade pelo seu exemplo de vida. Há cinco anos quando da comemoração dos seus noventa anos disse:

- Onde quer que haja pobreza e doença, onde quer que os seres humanos estejam a ser oprimidos, há trabalho a fazer.

Por causa da diferença dos fusos horários, o meu filho que tem uma grande admiração por Nelson Mandela, só amanhã saberá da sua morte, e lamentará como todos nós que, não tenha havido muitos mais líderes como Nelson Mandela, porque certamente, teríamos um mundo bem melhor.

 

publicado por Nuno Santos às 23:00

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13

16
18
19
21

22
23
24
25
26
27

29


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO