Outeiro Secano em Lisboa

Novembro 05 2014

esfaqueado.jpg

 

É claro que uma árvore não faz uma floresta, mas o radicalismo de alguns adeptos do Vitória de Guimarães, contraria a simpatia que a maioria dos portugueses têm dos vimaranenses, tanto pela sua importância na nossa história, como quando visitam Guimarães, uma das mais belas cidades do país, reconhecida como património mundial pela Unesco.

Os factos remontam ao sábado passado, quando o Sporting foi jogar a Guimarães, onde além de ter sido derrotado, sem apelo nem agravo pelo Vitória, ao ponto do nosso presidente, ter dado um ralhete aos seus jogadores no Facebook, outro facto em meu entender reprovável, aconteceram incidentes deploráveis, como o esfaqueamento de dois adeptos sportinguistas.

Ora, para quem segue o fenómeno futebolístico, o que mais chocou e lhe traz mais insegurança na deslocação a um estádio adversário, foi o facto dos adeptos agredidos, não fazerem parte dos adeptos useiros e vezeiros nas situações de violência física ou verbal, como são as claques. Tratavam-se de dois adeptos do norte, um creio que de Mirandela senão os dois que, aproveitando o facto do clube do seu coração jogar perto da sua terra, se deslocaram a Guimarães, para verem de perto os seus ídolos. Curiosamente o adepto mais mal tratado, era a primeira vez que via jogar o seu clube ao vivo.

Com grata recordação ficou o pobre coitado, a quem desejo as rápidas melhoras,  além de ter visto o seu clube perder o jogo, quase perdeu a vida, estando ainda internado no hospital de Guimarães. Felizmente desta vez as autoridades agiram em conformidade pois já prenderam o autor material, assim como a arma do crime. Esperamos agora que  seja penalizado, e que a sanção aplicada, sirva de lição a todos os futuros infractores, porque o desporto tem de ser uma festa e não uma tragédia.

E como estamos em mais uma ronda europeia, depois do resultado positivo de ontem do Benfica, oxalá o Porto e o Sporting obtenham hoje também duas vitórias, assim como amanhã o Rio Ave e o Estoril, para que o ranquing português na UEFA, não baixe.

 

publicado por Nuno Santos às 07:20

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
15

18
20
22

26
28
29



links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO