Outeiro Secano em Lisboa

Maio 08 2016

Valentes transmontanos.jpg

Dezassete anos depois o Desportivo de Chaves quebrou a litoralização do futebol nacional da  primeira liga. Ora se na época 2015/2016 coube ao Arouca, ser a única equipa do interior a cidade de Arouca pertence ao distrito de Aveiro, logo pertence também ao litoral.

Claro que já nao estamos no tempo em que o Benfica, não gostava de ir jogar a Chaves, apesar de ali ter imensos apoiantes, um seu antigo presidente até chegou a dizer que, era mais fácil ir jogar a Moscovo, do que a Chaves. E se já tinha sido quebrado o isolamento com a A 24 e a A7 desde ontem, com a abertura do túnel do Marão, o reino maravilhoso como Miguel Torga designava a província de Trás os Montes, ficou ainda mais próxima do litoral e dos grandes centros.

Pela subida estão de parabéns os jogadores, a equipa técnica capitaneada por Vítor Oliveira, assim como toda a Direção, personificada na família de Francisco Carvalho. De igual modo estão de parabéns todos aqueles que, nunca abandonaram o Desportivo, continuando a pagar as suas quotas, assim como todos os flavienses e transmontanos espalhados pela diáspora.

Foi sempre minha expetativa estar em Chaves no último jogo, para comemorar a subida do Desportivo, embora a festa tivesse sido feita hoje, no próximo domingo lá estarei para pagar o tributo aos valentes transmontanos que me deram esta alegria.

E como diz o Jorge Jesus para ter a cereja no topo do bolo, oxalá possa também comemorar o título de campeão pelo meu Sporting, a equipa que nesta época mais merece o título.

publicado por Nuno Santos às 14:40

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Maio 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
18
19
20
21

22
23
25
26
27

31


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO