Outeiro Secano em Lisboa

Janeiro 12 2013

 

Nos últimos dias tem sido notícia em todos os meios de comunicação, rádios televisões e jornais, assim como nas redes sociais se o ZICO, deve ou não ser abatido. Este ZICO, não é o ex-futebolista brasileiro, filho de pais portugueses, cujo sonho é um dia ser treinador do Sporting. O Zico desta notícia é um cão, pertencente a uma das raças consideradas perigosas, que, no passado domingo, atacou em Beja uma criança de 18 meses, vindo a falecer, na passada terça-feira. Curiosamente fala-se mais do nome do cão, que do nome da criança, chamada Dinis.

Como primeira medida, decidiu-se transferir o cão para o canil de Beja, a fim de ser abatido. Entretanto, gerou-se desde logo um movimento, de apoio à sobrevivência do cão, cuja petição já reuniu mais de cinquenta mil assinaturas. Em contrapartida, a petição no sentido contrário, não chegou ainda ao milhar. Ao ponto do tribunal de Beja, ter suspendido o abate do animal, e aberto um processo judicial. Não compreendo esta medida, pois sendo o animal propriedade da família da criança, esta não será por certo considerada perante o tribunal, como vítima e ré. O que nesta notícia mais me incomoda, é a sobrevalorização que, algumas pessoas dão aos animais, sobrepondo-os mesmo às pessoas, porque em vez de se organizar um movimento de apoio a crianças que, eventualmente possam estar em risco, por conviverem com estes animais perigosos, gerou-se um movimento de apoio ao cão, funcionando como um benefício ao infractor.    Não se pense que sou contra os animais de estimação, porque enquanto vivi em casa dos meus pais, sempre tivemos cães e gatos, mas no seu devido lugar. O cão no pátio, como guarda da casa, os gatos, com direito ao borralho do lar, mas murando os ratos, nas cortes e na adega.   Não suporto é estes radicalismos, de sub-protecção aos animais, quando, tantas crianças por esse mundo fora precisam do nosso apoio, e para esse peditório, eu dou.

publicado por Nuno Santos às 14:14

bom nuno li todos os assuntos e vi todos
os comentários gostei vamos em frente
abraço para ti e para a celeste
vasco sobreira garcia a 12 de Janeiro de 2013 às 23:10

Bom dia Amigo Nuno.

Estou inteiramente de acordo com aquilo que escreves àcerca desta assunto do zico. Então e não se valoriza a morte de uma criança? Não vamos maltratar os animais, mas cada um no seu devido lugar.
Um abraço para ti e Celeste.
Albertina a 14 de Janeiro de 2013 às 08:59

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
19

21
24
26

29


links
pesquisar
 
Visitantes
blogs SAPO