Outeiro Secano em Lisboa

Maio 28 2013

 

Maio maduro Maio, quem te pintou
Quem te quebrou o encanto, nunca te amou

 

Do ponto de vista meteorológico estes versos do Zeca, transportam-nos para um mês de maio diferente daquele que estamos a viver. Uns  dias quase parecem de verão, para num de repente, parece regressarmos aos dias e noites de inverno.

Do ponto de vista profissional o Maio é dos meses mais intensos para minha actividade, por causa das várias obrigações declarativas que temos de suprir. Desde o IVA mensal e trimestral, às declarações recapitulativas e Mod. 30, passando pela Mod 3 do IRS da 2ª fase, terminando no dia 31, com a entrega das Mod 22 do IRC.

Este mês marca muitas outras coisas do nosso quotidiano, por exemplo os crentes têm um mês cheio. É o mês em que se  iniciam as romarias, logo no seu início é a Festa das Cruzes, segue-se a peregrinação a Fátima e as novenas do mês de Maria. Apesar de não ser frequentador, as novenas interferem no meu quotidiano, porque minha mãe como mora ao lado da igreja, não perde uma e eu estou habituado a telefonar-lhe diariamente após o jantar. Como a novena começa às nove da noite, ou lhe ligo antes das oito e meia, ou só depois das dez da noite, acontece  que algumas vezes quando me lembro, a hora é já imprópria para telefonar.

Este é também o mês das emoções fortes para os adeptos do futebol, porque coincide com o desfecho das épocas desportivas. Por isso há quem fique com gratas recordações para a vida, como aconteceu este fim de semana com os vimaranenses e os portistas, ou quem fique com uma grande azia, como aconteceua aos benfiquistas e  aos sportinguistas, que este ano tiveram o pior desempenho desportivo de todos os tempos.

Para quem vive na cidade e não podendo admirar as paisagens pintadas, de que o Zeca fala na sua canção, resta-me a viagem que farei na próxima sexta-feira a Chaves,  para me deleitar com os diverso quadros que, a paisagem me irá oferecer ao longo do percurso.

 

      

publicado por Nuno Santos às 11:13

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
15
17

19
21
22
25

26
29
31


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO