Outeiro Secano em Lisboa

Abril 25 2017

25-de-abril.jpg

 

Eu sei que para muitas gerações, em especial aqueles que nasceram pós 1974, não faz grande sentido estarem a comemorar o dia em que se conquistou a liberdade, porquanto, a liberdade é um direito adquirido e inalienável, ao ponto de alguns a usarem, pondo em risco a liberdade e os direitos dos outros.

São exemplo disso os anti vacinas, que, contrariando o Plano Nacional de Vacinação, acham-se no direito de não vacinarem os seus filhos, pondo assim em risco a saúde dos seus filhos e a dos outros.

Embora esta seja uma forma enviesada de ver a liberdade, antes do 25 de abril ninguém punha em causa impunemente as leis do estado, ainda que muitas dessas leis fossem injustas e arbitrárias, e muitos foram os que pagaram com a prisão e a morte, só porque as contestavam.

Eu sou desse tempo ainda, razão porque todos os anos não deixo de comemorar este dia, estando em Lisboa assistindo a um dos vários concertos evocativos que, se comemoram na véspera e no dia 25 de abril descendo a avenida da liberdade e de cravo na mão gritando, 25 de abril sempre, fascismo nunca mais.

publicado por Nuno Santos às 08:57

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
22

24
26
27
28

30


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO