Outeiro Secano em Lisboa

Agosto 24 2013

 

Contrariamente à canção da Elis Regina “Eu quero uma casa no campo” pela experiência ontem vivida, com menos vontade fiquei de ter uma casa no campo, porque apesar do bucolismo que a sua localização transmite, está também mais sujeita a perigos, nomeadamente ao dos incêndios. Que o digam os meus amigos Altino e Tó Manel que ontem, viveram um dos dias mais difíceis das suas vidas, precisamente porque têm as suas casas, construídas em zona de pinhal.

Acabado de chegar a Chaves para o início das minhas férias, deparo-me com um incêndio para os lados da minha aldeia. Após uma breve paragem na nossa casa e com a intenção do ritual cumprimento à família, seguimos pela estrada de Outeiro Seco, agora conhecida por avenida do Tâmega, eis quando no lugar da Ribalta somos confrontado com uma barrage ao trânsito, feito pela GNR , por causa do incêndio que se aproximava a toda a força da quinta da Ribalta, precisamente a dos nossos amigos o Altino e o Tó Manel. Contra a indicação da GNR, forço a entrada na Urbanização S. Bernardino conseguindo a entrar na quinta, onde o Tó Manel com a ajuda de dois populares da urbanização vizinha, vivia momentos de aflição.

Contrariando as ordens de dois agentes da GNR no local, os quais recebiam ordens dos comandos para nos obrigar a fugir, dizendo que as nossas vidas eram mais importantes do que as casas, resistimos e conservamos as vidas e as casas. Durante o incêndio que já tinha posto outras casas em perigo, jamais apareceu um equipamento de combate aéreo aos incêndios, ficando bem vincado os custos da interioridade.

Quem apareceu foi a televisão e por coincidência, em momentos diferentes, entrevistou a Celeste  e a mim, de modo que ontem sem querer, tivemos o nosso momento de glória televisivo, ainda que por motivos pouco agradáveis. Mas felizmente tudo acabou em bem, os danos patrimoniais foram só de mato e floresta, mas as casas ficaram incólumes.     

publicado por Nuno Santos às 09:54

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

13
14
15
16
17

18
19
21
23

31


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO