Outeiro Secano em Lisboa

Setembro 29 2013

O dia 28 de Setembro é um dia célebre por vários acontecimentos de carácter universal, nacional e outros mais local, como aquele que aconteceu em Chaves no ano de 1949, com a fundação do Grupo Desportivo de Chaves, em resultado da fusão de dois clubes rivais, o Atlético e o Flávia.

E se tantas vezes se diz mal das pessoas ligadas ao futebol, este exemplo em Chaves é um bom paradigma, do muito que se podia fazer pelo país noutras matérias, acabando-se com muito do despesismo que grassa por aí.

Só que apesar do clube estar em festa, disponibilizando um bolo gigante aos associados que se quiseram associar-se à efeméride, desportivamente a equipa não se associou aos associados, perdendo no seu campo com o Tondela, por 2-1.

O Chaves ainda esteve na frente do marcador, com um golo de Clemente, mas o Tondela deu a volta ao marcador, primeiro por Tózé Marreco e depois por Piojo.

Valeu que antes os juniores, jogaram no campo sintético com a Académica de Coimbra, a quem venceram por 3-0.

No final do jogo houve uma grande contestação ao técnico João Eusébio, o qual deu para perceber que não goza de um grande capital de confiança, perante os associados.

Mas fazendo uma análise mais racional que emotiva, o culpado da derrota em meu entender, foi o guarda redes Nuno Ribeiro, sofrendo dois golos ambos de canto e os dois na sua área de jurisdição, em especial no segundo golo.

Apesar do resultado negativo, aqui ficam os meus parabéns ao Grupo Desportivo de Chaves, pelo seu 64º aniversário, e votos de muito sucesso para o futuro, pois a procissão ainda vai no adro, havendo ainda muito tempo para recuperar, deste mau resultado.  

publicado por Nuno Santos às 00:19

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Setembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13

15
16
17

28



links
pesquisar
 
Visitantes
blogs SAPO