Outeiro Secano em Lisboa

Outubro 15 2013

 

Hoje fui ao dentista fazer a minha higiene oral e por mera circunstância, da janela da sala de espera do consultório, obtém-se esta visão fantasmagórica e triste.

Para muitos dos meus amigos esta paisagem não lhes dirá muito, mas para outros, em especial se lhes disser que se trata do local, onde outrora funcionava a Feira Popular de Lisboa, por certo irá trazer-lhes gratas recordações.

A mim traz-me e entre outras, a da primeira excursão que as alunas do primeiro curso do Magistério de Chaves, fizeram a Lisboa, já lá vão uns 37 anos, para muitas vindas pela primeira vez à capital, e como entre elas vinha a Celeste que viria a ser a minha mulher, razão pela qual eu fui o cicerone do grupo e as levei à feira popular.

Mais tarde já em família, fomos ali muitas vezes jantar ou andar com o nosso filho nas diversões ou  comer algodão doce. Recordo-me que foi na Feira Popular, na esplanada do Café do Preto que assisti via televisão, ao acidente que vitimou o Ayrton Sena.    

Curiosamente comemoram-se neste mês de Outubro dez anos, sobre o encerramento em definitivo da Feira Popular. Na altura foi anunciado como um grande negócio entre a Câmara Municipal de Lisboa e a empresa Bragaparques, porque iria ali nascer um projecto mobiliário, o qual orçava os 800 milhões de euros.

O facto é que já se passaram dez anos e, quem passa na avenida da República ou na avenida 5 de Outubro, vê todo este espaço entaipado por outdoors publicitários, muito bonitos, mas quem sobe a um dos andares dos prédios fronteiros, como circunstancialmente me aconteceu hoje, depara-se com esta visão deprimente.

Ao que parece, por causa da morosidade da justiça, mas dez anos não é muito tempo? O certo é que Lisboa ficou sem um parque temático para as famílias, em especial das classes baixas,  porque as classes mais altas, ainda vão a Paris à Disney, ou a Madrid à Warner.

publicado por Nuno Santos às 19:24

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
16
18
19

20
22
24
26

28
29
30


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO