Outeiro Secano em Lisboa

Fevereiro 18 2013
Vista aérea do Parque Empresarial de Outeiro Seco
 

Foi com satisfacção que li na newsletter n.º 49 da Camara Municipal de Chaves referente ao mês de Fevereiro, a criação de um novo investimento no parque empresarial de Outeiro Seco, sobretudo, pelo interesse que o mesmo representa para a freguesia e para a região. Pena que os investidores não sejam da nossa freguesia, mas o facto dali se localizar, não deixa de dar visibilidade à mesma.

E se no passado, Outeiro Seco ganhou visibilidade pela produção e distribuição do leite na cidade, a produção de cogumelos na dimensão que se anuncia, dar-lhe-á ainda mais importância, porque vai contribuir na ajuda ao equilíbrio das nossas contas, pois o destino desta produção será por certo, a exportação.

Espero que fique sedeada no parque toda a cadeia do projecto, desde a produção à distribuição. Aos investidores desejo-lhes sinceramente os maiores sucessos, desejando que seja um projecto sustentável e duradoiro, e não mais, uma caça ou pesca ao subsídio, como infelizmente aconteceu num passado recente com as estufas das flores, onde findo o prazo de carência dos cinco anos, as estufas servem agora e apenas, para desfear a paisagem.

 

Eis o texto publicado na newsletter:

 

“O Município já aprovou a proposta de constituição de direito de superfície para a construção de uma unidade agroindustrial de produção de cogumelos e pequenos frutos na freguesia de Outeiro Seco, cumprindo com o prometido por deliberação camarária de 10 de setembro passado. A referida proposta foi aprovada em reunião de Câmara de 04 de fevereiro, encontrando-se agendada para a próxima sessão da Assembleia Municipal, dia 27 de fevereiro, para posterior sancionamento.

A autarquia flaviense vai colaborar, mais uma vez, no apoio a esta iniciativa empresarial de criação de emprego no concelho. Trata-se de uma unidade que ficará situada num terreno com uma área de aproximadamente 100 mil m2 junto à nova zona industrial, na freguesia de Outeiro Seco.

O apoio que a autarquia pretende dar a este projeto de investimento consiste na cedência, a título gratuito, do direito de construir no referido prédio.

Para a edilidade, esta iniciativa empresarial vai de encontro à visão que a autarquia tem da atividade agrícola moderna, ao assentar numa estratégia de desenvolvimento da região de Trás-os-Montes e Alto Douro, mediante a reanimação da agricultura. O projeto consiste no apoio a 40 jovens empresários na produção de cogumelos e de outros produtos hortícolas frescos e pequenos frutos na região, com recurso à comparticipação de fundos comunitários do Programa de Desenvolvimento Rural ou outros no âmbito do próximo quadro comunitário de apoio e tem potencialidade para a criação, por essa via, de 150 novos postos de trabalho.

A empresa GFW – Growing Fresh World. S.A, com sede em Outeiro Seco, promotora do projeto, pretende construir uma área frigorífica para recolha da produção obtida, associando-se aos jovens empresários na construção de 40 unidades de produção, e construindo um centro logístico, e será responsável pelo apoio técnico à produção e gestão das unidades associadas, pelo apoio técnico especializado a todos os equipamentos, pela disponibilização de equipamentos de uso comum a todas as unidades de produção, garantindo, ainda, as condições e o escoamento da produção, bem como as certificações que possam ser exigidas pelos mercados.

A Câmara Municipal entende que o projeto proporcionará a abertura de novas oportunidades de criação de emprego numa região economicamente desfavorecida, fomentando a instalação de jovens empresários, bem como a dinamização, promoção e renovação do tecido empresarial agrícola. Outro aspeto a ter em conta é o impacto positivo que este projeto empresarial terá no setor agro-industrial e na região, contribuindo para a melhoria geral da atividade e introduzindo maior dinamismo empresarial baseado em novas competências e tecnologias, merecendo, inequivocamente, o apoio municipal
”.

publicado por Nuno Santos às 18:48

realmente uma boa notícia
espero que tenham muito sucesso
independente de quem quer que seja
que traga trabalho para quem quer trabalhar
vasco sobreira garcia a 24 de Fevereiro de 2013 às 17:59

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
16

22
23

26


links
pesquisar
 
Visitantes
blogs SAPO