Outeiro Secano em Lisboa

Fevereiro 25 2013

Esta madrugada ficamos a conhecer os vencedores dos oscars de 2013, cujos laureados, contrariamente ao que tem acontecido em anos anteriores, não tiveram um grande efeito surpresa. A noite dos óscares é para os cinéfilos mas não só, uma noite muito especial, por causa do glamour dos artistas e convidados.

Confesso que não perco muito tempo com isso, embora goste de saber quem foram os premiados, e nas minhas idas ao cinema,  a escolha é feita muitas vezes em função da classificação dos filmes. Ainda não tive oportunidade de ver todos os filmes premiados, mas fiquei satisfeito com o facto de Daniel Day Lewis ter ganho o óscar de melhor actor.

Há dias vi o filme Lincoln, protagonizado pelo Daniel Day Lewis, onde o actor encarna de tal modo a personagem, que quase parece o próprio Abraham Lincoln, tal como o vemos em fotografias da época.  O filme não é uma autobiografia sobre o 16.º presidente da América. A acção incide essencialmente na aprovação da 13ª emenda à constituição americana, onde se aprovou o fim da escravatura.

Frequentemente conhecemos situações e jogos de bastidores, ocorridos em vários areópagos, parlamentares mas não só. Apesar deste acontecimento ter ocorrido em 1865, foi curioso conhecer os meios e as formas utilizados, para obter essa aprovação. Quem assistir ao filme, ficará a saber que essas jogadas de bastidores, já se faziam nesse tempo, mesmo no país da democracia. Para obter os votos necessários, o partido republicano liderado por Lincoln, comprou vinte e três votos a senadores democratas, a troco de benesses e lugares de protagonismo.

Ainda que o post sobre os Lavoisier, pareça não ter nada a ver com este, existe contudo uma particularidade, a qual gostaria de referir. A Empire, que é a revista de cinema mais vendida no mundo, editada também em versão portuguesa, tem como sua directora a Sara Afonso, que é irmã do Roberto Afonso, músico dos Lavoisier. A Sara nasceu em Vinhais, e veio com pouco mais de um ano para Lisboa, sendo uma prova de que em Trás-os-Montes, além do bom fumeiro,  também se produzem bons valores humanos.
publicado por Nuno Santos às 23:25

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
16

22
23

26


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO