Outeiro Secano em Lisboa

Janeiro 22 2014

Há um provérbio que diz “o tempo é o descobridor de todas as coisas”. Ora esta fórmula parece ter sido encontrada pela minha sobrinha Carolina, residente na Madeira. E digo isto porque frequentando o nono ano, a Carolina é aluna de menção honrosa, pelo seu desempenho escolar, mas com tempo ainda para a dança, integrando uma academia de dança, com espetáculos por toda a ilha, mas também para a música, fazendo parte de uma outra academia, onde toca flauta transversal.

No passado dia 17 de Janeiro, juntamente com mais três colegas dessa academia, perfazendo um quarteto, estiveram na RTP Madeira no programa Madeira Viva, o qual foi transmitido entre as 19 e as 20 horas, abrindo e encerrando esse programa.

Mas a Carolina frequenta ainda a catequese e neste momento só não namora, creio eu, por isso aqui fica o alerta para os jovens da nossa aldeia, onde ela adora passar as suas férias.

Eu tive o privilégio de ver a sua atuação na RTP Madeira através da internet, mas os meus conhecimentos de informática nem os meios tecnológicos de que disponho, não me permitem selecionar o momento da sua atuação, pelo que deixo aqui o link para quem esteja interessado em vê-lo.

 

                                                                     http://www.rtp.pt/play/p565/e141239/madeira-viva

publicado por Nuno Santos às 21:00

Bom dia.
Parabéns Carolina. Além do orgulho que sentem os teus Pias, e restante família , vê-se em ti a felicidade que vives, por seres quem és.
A mim até me arrepiou, pois uma flauta transversal é orgulho para qualquer mãe, que veja e sinta esse prazer.
Continua, minha querida, pois quem te admira espera ver-te muitas mais vezes, eu falando por mim, gostava de te ver um dia pessoalmente.
Obrigada e sê feliz.
Antonieta Melo .
Anónimo a 23 de Janeiro de 2014 às 09:04

Bom dia, Amigos!

Que bom é ver a Carolina envolvida em projectos culturais que orgulham todas as pessoas suas amigas. Gosto muito de flauta transversal e gostei muito de vos ouvir. Muitos parabéns, continua assim, porque quando gostamos daquilo que fazemos, temos sempre tempo para tudo. Gostaria de um dia ver uma tua actuação ao vivo, quem sabe se não se proporcionará. Um grande beijinho para ti e teus Pais.
Albertina Ferrador a 23 de Janeiro de 2014 às 10:42

Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
14
15
16
18

20
21
23
24
25

26
28
30


links
pesquisar
 
Visitantes
blogs SAPO