Outeiro Secano em Lisboa

Setembro 10 2015

IMG_3674.JPG

IMG_3677.JPG

IMG_3678.JPG

 

IMG_3680.JPG

 

Ontem dia 8 de setembro em Outeiro Seco, cumpriu-se a tradição, graças ao excelente desempenho organizativo das comissões, dos casados e dos solteiros, este ano com uma inovação, ficando tudo em família, isto é, os pais constituíram a comissão dos casados e os filhos, a comissão dos solteiros, havendo por isso, uma maior simbiose entre ambas.

Claro que, coube à comissão dos casados, toda a parte organizativa e aos solteiros, a angariação da receita para o conjunto. Mas graças ao seu dinamismo, a comissão dos solteiros, excedeu largamente o valor do cachet do conjunto, tendo entregue à comissão dos casados, o excedente angariado.

Mas se a procissão das velas no dia 7 de setembro, a qual tem vindo a ganhar cada vez mais aderência, sendo a de este ano, uma das mais participadas, já a presença de público no dia 8, ressentiu-se, por ser uma terça-feira e dia de trabalho.

A esse propósito impõe-se fazer um reparo, à Chaves Cultural, parceira bastas vezes noutros eventos realizados na nossa freguesia, mas este ano, não anunciou a festa da Sra da Azinheira, no programa da agenda cultural de setembro, fazendo com que este evento passasse despercebido, a muitos dos aquistas que, frequentam as termas de Chaves.

Além disso os cartazes, também foram afixados tardiamente, faltando cartazes em lugares fulcrais na cidade, como por exemplo, nas Termas.

Foi pena porque o programa da festa merecia mais gente, em especial o arraial, o qual esteve brilhante, com a presença das bandas filarmónicas e do conjunto, mantendo-se a dicotomia de tradição e modernidade, que carateriza a nossa aldeia.

Depois da alvorada logo às oito da manhã, a Banda Musical de Outeiro Seco deu a arruada pelas principais ruas da freguesia, seguindo-se depois as cerimónias religiosas, coroadas com a magestosa procissão, este ano com sete andores,. Durante a tarde a Banda de Outeiro Seco deu um concerto, e à noite, foi a vez das bandas de Pontido – Vila Pouca de Aguiar e da Cumieira – Santa Marta de Penaguião se despicarem até próximo das três da manhã.

Curiosamente estas duas bandas, não eram do concelho, a da Banda da Cumieira a cerca de cem quilómetros de distância, e a Banda do Pontido, a quase metade dessa distância, pediram um cachet inferior, às bandas do concelho.

Ainda que se notasse alguma redução de público, por ser um dia de semana, foram ainda uns largos milhares que, assistiram à brilhante sessão de fogo de artifício, protagonizada pela companhia, Pirotécnica Minhota.

Estão por isso de parabéns as comissões de festas, e a população de Outeiro Seco, pela excelente festa que proporcionaram a todos quantos quiseram usufruir dela, tendo visitado a aldeia neste dia.

Passada a festa de 2015, Viva a festa da Sra da Azinheira de 2016, esperando que seja mais divulgada do que esta, porque se trata de um momento cultural, marcante para a região.

Viva Outeiro Seco.

 

publicado por Nuno Santos às 17:06

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Setembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO