Outeiro Secano em Lisboa

Junho 04 2015

IMG_3028.jpg

 

IMG_2995.jpg

 

IMG_2997.jpg

 

Os meus amigos que costumam visitar este blog, por certo estranharam não ter visto um post sobre a vitória do Sporting na Taça de Portugal. Com efeito ainda não tinha publicado, não porque o feito não o merecesse, mas porque o meu estado físico não tem estado em alta.

De tal forma que no domingo durante o pic nic que realizamos no Jamor, enquanto toda a gente andava de mini na mão, eu bebia água por causa do antibiótico Augmentin Duo que, estava a tomar, para a minha garganta.

Mas, claro que vibrei imenso com a vitória, em especial pela forma sofrida como foi alcançada, no desempate por grandes penalidades.

E sem me armar em Calimero, o Sporting foi mais uma vez prejudicado pelo árbitro, com a precoce expulsão do Cédric aos quinze minutos de jogo, em contradição com a complacência perante os jogadores do Braga, nomeadamente com o Baiano.

Mas costuma-se dizer que Deus escreve direito por linhas tortas, e a vitória acabou por sorrir a quem mais fez por ela. De modo que foi bonita a festa, antes e depois do jogo, no Jamor e em Alvalade.

Em contrapartida, tenho de realçar a falta de fair play dos adeptos bracarenses, pois mal terminou a marcação das grandes penalidades, não ficou um único adepto do Braga dentro do campo, para aplaudir os seus atletas, quando subiram à tribuna a fim de receberem a medalha, assinalando a sua presença na final.

Esta situação em países como a Inglaterra era impensável, claro que os adeptos perdedores estariam tristes mas ficariam até ao fim, tal como já aconteceu algumas vezes comigo, como quando Sporting perdeu a Liga Europa com o CSKA de Moscovo, até porque uma das palavras de ordem do Sporting é: “Onde tu jogares eu vou lá estar, para te apoiar”, ou ainda, “ Nós acreditamos em vocês! Nós acreditamos em vocês! E foi este acreditar que nos deu a vitória e a glória.

publicado por Nuno Santos às 12:46

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
17
20

22
23
24
25
26
27

29
30


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO