Outeiro Secano em Lisboa

Junho 15 2016

seleção.jpeg

 

Há um ditado que diz que, “os ciganos, não gostam de bons começos para os filhos” ou ainda que, “isto não é como começa, mas como acaba”. Seja como for, o jogo de ontem foi uma deceção para os milhões de portugueses que, o seguiram em todo o mundo.

E nem foi propriamente pelas escolhas do selecionador, pois quanto a isso, cada um de nós teria feito opções diferentes, o facto é que a seleção criou as oportunidades mais que suficientes, para fazer os golos necessários, para vencer o jogo, mas mais uma vez entrou muito mal no campeonato e não demonstrou eficácia, não ganhando à Islândia, justamente, a seleção apontada como a mais fraca do torneio, porquanto, em toda a sua história, a Islândia fez ontem a sua estreia, em fases finais do campeonato europeu.

E se durante o dia, se multiplicaram por todos os canais televisivos, mesas redondas, debates e outros programas de entretenimento, assim como os mal fadados prognósticos, sobre quem é que vai marcar os golos, como se os repórteres de serviço não tenham outro tipo de perguntas, o certo é que depois do jogo, ficamos todos com uma tremenda azia, porque de facto, a seleção, não correspondeu ás expetativas da generalidade dos portugueses.

Quem me conhece sabe que, tenho sempre algum ceticismo quanto à nossa seleção, porquanto em minha opinião, ela tem funcionado um pouco como a montra de um certo empresário, e seja quem for o selecionador, são sempre os seus jogadores quem vão à seleção. O exemplo mais gritante foi o caso de João Moutinho, que, enquanto jogador do Sporting, apesar de ser apontado como o melhor jogador na sua posição, Carlos Queirós não o levou a um mundial, tornando-se só indispensável, desde que mudou de empresário. Ainda agora apesar de ter estado parado durante meses por lesão, e o Adrien Silva estar em grande forma, como o João Moutinho tem ainda o seu futuro incerto no Mónaco, ele é que é o titular, enfim critérios.

No entanto, continuo a torcer pela seleção, por isso espero que, no sábado dia 18, a seleção retifique esta exibição e este resultado contra a Áustria, para depois no dia 22 contra a Hungria, carimbar o passaporte para a fase seguinte.

 

 

publicado por Nuno Santos às 08:30

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Junho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17
18

19
20
21
23
24

26
27
28
29


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO