Outeiro Secano em Lisboa

Fevereiro 14 2014
 

 

Hoje mais que o dia de São Valentim, comemora-se por força da corrente consumista, o Dia dos Namorados. Esta associação é uma tradição anglo-saxónica, a qual Portugal importou, ao contrário dos nossos irmãos brasileiros, que, continuam a comemorar e bem, o Dia dos Namorados no dia 12 de junho, associando esse dia a Santo António.

Em Portugal onde até se realizam os casamentos de Santo António nesse dia, vá lá saber-se porquê, optou por comemorar o dia dos namorados, no dia 14 de fevereiro, em detrimento do dia do santo que atribui dotes de casamenteiro.

Eis umas breves notas sobre o São Valentim e da origem da troca de flores e das mensagens. Valentim foi um bispo da igreja romana, contemporâneo do imperador Cláudio II. Ambos viveram no século II depois de Cristo, e reza a história que o imperador Cláudio, quiz que os seus exércitos, fossem compostos apenas por soldados solteiros, porque deste modo, estariam mais disponíveis para morrer pelo império.

Tal medida foi contestada pelos soldados, mas também pelo bispo Valentim que, às escondidas, celebrava os casamentos dos soldados que o procuravam. Descoberto tal acto, o imperador prendeu Valentim e mandou executá-lo.

Só que enquanto a pena não foi executada, os soldados passavam em frente da sua cela e atiravam-lhe flores. Diz-se também que a filha do carcereiro, terá pedido ao pai para visitar Valentim, e das sucessivas visitas terá resultado uma paixão entre os dois, trocando várias mensagens, daí que as flores e mensagens trocadas neste dia de São Valentim sejam uma homenagem, quer dos soldados como da paixão de Valentim, com a filha do carcereiro.

Mas como alguém disse que, o Natal é quando um homem quiser, o dia dos namorados também deve ser sempre, que, os homens e mulheres queiram.

publicado por Nuno Santos às 07:50

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
15

16
21
22

23
25
27
28


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO