Outeiro Secano em Lisboa

Abril 08 2015

IMG_2665.JPG

 

IMG_2715.JPG

IMG_2716.JPG

IMG_2717.JPG

 

Nesta minha última estadia na aldeia, tive a oportunidade de visitar a capela da Sra. do Rosário, na fase final da sua requalificação.Já está colocada a nova porta, concluído o restauro do fresco e afixados os dois retábulos (altares).

Para devolver a capela ao culto, faltam apenas uns pequenos detalhes, e a transladação da imagem da  Sra do Rosário, da igreja matriz, para a capela.

Estão por isso de parabéns os promotores da obra a (anterior comissão da fábrica da igreja) e todos quantos colaboraram com as suas doações, assim como os artistas que a executaram, a Capitellum e a Mural da História.

Com esta requalificação a capela da Sra do Rosário  em vez de um retábulo, passou a ter três. O do S. Miguel,  o da Santa Luzia mais o da Sra do Rosário,  ganhou um fresco que outrora era desconhecido, pese embora já lá estivesse desde o século XVII.

A estes novos elementos  acresce-se  a ara romana ali existente, que, devido à sua importância museológica, trazia já bastantes visitas a esta capela, mas com estas novas mais valias, esperamos que esta capela, ganhe ainda um maior interesse cultural.  

Durante a minha visita, havia ainda alguns sinais de obra dentro da capela, como andaimes e outros objectos, pelo que a reportagem fotográfica foi a possível. Entretanto, segundo informação não oficial, a abertura ao público ocorrerá durante o mês de maio. 

Por certo  que depois da sua abertura, esta capela constará no roteiro do turismo municipal, à semelhança do que acontece já, com a igreja da Sra da Azinheira, e  ainda que as visitas não sejam remuneradas, seria bom que os visitantes, tomassem consciência da importância e dos custos desta obra, pelo que uma pequena contribuição será bem vinda, até porque o montante angariado ainda não cobre, todo o valor orçamentado.    

 

publicado por Nuno Santos às 23:05

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Abril 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
17
18

20
21
23

28
29
30


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO