Outeiro Secano em Lisboa

Agosto 28 2015

11909571_1043143589059881_5659151762919348528_n.jp

 

jesus_sporting_jubas88902534_664x373.jpg

 

Diz-se que ninguém morre de desgostos ou de paixão, talvez isso até seja verdade, mas o certo é que esses males, também não dão saúde nenhuma, a quem passa por essas situações. Eu que o diga, tal a azia com que fiquei ontem, após a derrota e consequente eliminação do Sporting, da fase final da Liga dos Campeões.

É verdade que o Sporting, não foi feliz com as arbitragens, tanto no jogo de Lisboa, como em Moscovo, mas, também não é menos verdade, que se pôs a jeito, cometendo vários erros, tanto técnicos como táticos.

O primeiro erro técnico foi o falhanço incrível de Adrien Silva, pese embora o jogador do CSKA, acabasse por marcar o golo com a mão, em minha opinião deforma involuntária, pois se a bola não lhe batesse na mão, bater-lhe-ia no corpo, acabando por entrar na mesma na nossa baliza.

Ora, foi esse golo madrugador logo no início da segunda parte, que, provocou um desnorte na equipa, contagiando também a equipa técnica, levando-a a reagir taticamente demasiadamente tarde, com os efeitos nefastos que são conhecidos.

Por via disso a nação sportinguista, está hoje à beira de um ataque de nervos, sentindo-se triste e humilhada. E embora as claques organizadas do Sporting cantem – Estamos sempre convosco! Estamos sempre convosco! Estamos sempre convosco! Não vos deixaremos sós.

Jogos como o de ontem, não têm essa capacidade aglutinadora em torno da equipa, e da qual o Sporting tanto precisa.

 

 

publicado por Nuno Santos às 00:14

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Agosto 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
20
21

23
24
27
29

30
31


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO