Outeiro Secano em Lisboa

Janeiro 04 2015

Praia_de_Carcavelos.jpg

Apesar de ser fim de semana, ontem tive de sair de casa próximo das sete da manhã, a fim de levar o meu filho e nora ao aeroporto, no seu regresso à Holanda, onde ganham o pão de cada dia. Nestas frequentes idas ao aeroporto experenciamos sempre duas situações antagónicas, a de alegria e ansiedade quando vamos para as Chegadas, outra de tristeza e saudade, quando vamos para as Partidas.

Mas atendendo à conjuntura em que vive o nosso país, e o facto de sabermos que têm uma situação profissional estabilizada, no país de acolhimento, ajuda a mitigar essa tristeza e saudade.

Aproveitando o facto de me ter levantado cedo, acabei por ir ao ginásio, desgastar algumas das calorias assimiladas no Aprígio e nos outros restaurantes que visitei, na curta estadia em Chaves. e como à tarde a temperatura subiu, fomos apanhar sol até Carcavelos, cuja praia tinha tanta gente nas esplanadas, como em algumas tardes de verão.

O meu dia terminou em Alvalade, onde parece ter-se enterrado o machado de guerra entre presidente e o treinador, selando-se esse tratado de paz com uma brilhante vitória por 3-0, sobre o Estoril.

No fim do jogo e apesar do frio que já pairava nas bancadas, cantamos em euforia “Só eu sei por que não fico em casa”.

 

 

publicado por Nuno Santos às 09:48

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Um outeiro secano residente em Lisboa, sempre atento às realidades da sua terra.
mais sobre mim
Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
14
15

18
20
21
22
23
24

26
27
28
29
31


links
pesquisar
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO